Portugal

José Carlos Santiago

Curador e Facilitador

www.jcsantiago.info
www.jcsantiago.net
www.jcsantiago.com

Abordagens para a sua Saúde e Bem Estar

Oligoterapia

ou

Terapia pelos oligoelementos

Os oligoelementos são substâncias que devem existir no corpo em pequenas quantidades, algumas tão pequenas que mais não são do que traços ou vestígios de substâncias.

Estas substâncias, são micro nutrientes que intervêm nas reacções químicas do corpo, sem muitas vezes fazerem parte dessas reacções. Elas actuam como catalisadores ajudando as reacções químicas e dessa forma promovendo o bom funcionamento do corpo.

O simples facto de um organismo estar carente de um ou de vários oligoelementos dando origem a diversas patologias devido a determinadas reacções bioquímicas não se efectuarem ou não se efectuarem nas proporções adequadas. Isto acaba por alterar todo o funcionamento metabólico do corpo e dessa forma dar origem a patologias com todas as queixas e sintomas.

Era suposto a alimentação fornecer todos estes micronutrientes mas hoje em dia com a agricultura intensiva e acelerada e com os solos empobrecidos, as plantas não conseguem sintetizar esses oligoelementos e eles acabam por não chegarem ao supermercado.

Como se não bastasse a maneira de os preparar (cozinhar) nem sempre é a melhor e assim os poucos que por vezes ainda existem acabam por não serem aproveitados.

Os ritmos da vida moderna aceleram e desgastam os oligoelementos que ainda possam existir no corpo, levando o corpo a um estado de cansaço e exaustão e a desequilíbrios de toda a ordem com as respectivas consequências.

Isto acaba por resultar em doenças funcionais em que a pessoa anda indisposta, irritável, cansada, deprimida, ansiosa, com perturbações de sono, etc.

A oligoterapia permite ao organismo restabelecer-se por si mesmo e dessa forma voltar ao seu funcionamento normal.

Os oligoelementos têm por função actuar como catalisadores das inúmeras reacções químicas existentes no organismo. A sua falta acaba por alterar as reacções químicas que ocorrem nele de onde advêm problemas funcionais e que acabam por resultar em patologias que só se resolvem quando o equilíbrio é restabelecido.

A oligoterapia como técnica credível remonta a 1932 quando Jacques Ménetrier estuda as catálises biológicas. Mais recentemente o Dr. Picard completa estes dados com indicações específicas dos diversos oligoelementos.

Todos conhecemos a importância que as enzimas têm nas reacções químicas do nosso corpo. No entanto muitas das vezes desconhecemos que elas precisam dos oligoelementos para fazerem o seu trabalho. São eles que fornecem à enzima a energia para que a reacção química ocorra. Desta forma são os oligoelementos que em ultima instância regulam e permitem as trocas metabólicas dentro e fora das células, mantendo dessa forma todo o equilíbrio bioquímico do corpo.

Como se depreende a oligoterapia actua em profundidade indo corrigir as reacções bioquímicas do corpo e dessa forma reequilibrá-lo levando-o de volta a um funcionamento mais normal e mais natural.

Hoje sabe-se que a oligoterapia associada a produtos naturais é um meio válido e eficaz para impedir e reverter a osteoporose bem como muitas das patologias reumáticas, para além de inúmeras outras patologias como sinusite, problemas do sistema imunológico, etc.